segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

As palavras não são indiferentes: umas fazem-nos mal, irritam-nos, criam distância; outras, pelo contrário, vêm ao nosso encontro e adoçam-nos a alma. Quem as domina e as sabe utilizar é afortunado porque adiantou muito na vida e evitará grandes desgostos. E, mais importante ainda, será semeador de paz e de alegria. (Miguel-Angel Martí García)

Um comentário:

  1. Como diz o clichê, embora com muita verdade: palavra tem poder!

    ResponderExcluir