terça-feira, 1 de março de 2011

Pra se ter esperança...

Para Camila Queiroz, uma amiga especial.



Que a dor da saudade seja apenas um suspiro
que o silêncio que jaz sobre os olhos d'água
não esqueça os risos altos
nem a voz
o canto de outrora

Que o peito doente
da dor que punge
não seja somente esse mar de lama escura

mas o abrigo
que acolhe a luz dos que esperam
um único abraço
a última dança
sobre as pedras daquele caminho
que enfeitamos um dia
de pedrinhas de brilhante.

Que minhas mãos
sempre vazias das suas
preencha de vida os teus sonhos
pra que o amor
da gente se sustente
em luz

Quisera Deus só mais um minuto
pra dizer num beijo
o que meu coração suplica

pra não chorar mais
pra te desejar em prece genuína
amor e paz.

Alice Xavier

5 comentários:

  1. Lian, foi pensando na dor de uma amiga que perdeu o irmão de forma trágica, que escrevi esse poema. Queria lhe dar um pouco de esperança... Obrigada pelo carinho de sempre!

    ResponderExcluir
  2. Olá adorei teu blog, lindo mesmo. Parabéns. Fique a vontade para fazer uma visitinha ao nosso e seja mais um membro. Você é nosso convidado especial. http://poetarenatodouglas.blogspot.com/.
    Um grande abraço!

    Renato Douglas!

    ResponderExcluir
  3. Poxa não sei nem como te agradecer... VC que sempre foi tão presente nesse momento qdo meu irmão morreu... A cada dia que passa a saudade aperta ainda mais, a saudade é gigante, o tempo ameniza um pouco essa dor, mas, nunca na vida fará a gente esquecer o Pedro... Sei que ele está por perto, porque o amor que tínhamos um pelo outro, não acaba nunca! Obrigada, chorei lendo seu texto, a gravidez me deixou ainda mais sensível.... Gosto demais de vc! Beijos...

    ResponderExcluir
  4. Olá passando para retribuir a visitinha, e agradecer pelo recado. Parabéns pelo seu trabalho desde. Desde já serei teu seguidor.]

    Abraços!

    ResponderExcluir