quinta-feira, 7 de junho de 2012

Pessoas Especiais

    Havia dois anos que eles não se viam. Cresceram juntos naquela escola. Eram melhores amigos. Nada mais além disso. Eles andavam de mãos dadas, torciam juntos nas gincanas, se abraçavam e choravam juntos sem medo ou vergonha de se emocionarem, porque às vezes, sentiam alegria demais, outras vezes, solidão.
    Fernando mudou de escola e nunca mais viu Jojô. Ele, sempre bem arrumado e ela, desconhecia os cuidados maternos. Ele sempre mais calmo, ela mais agitada. No entanto, Jojô se fechou. Não era mais a mesma menina. Não conversava com ninguém, não fizera amigos como Fernando. Tinha engordado muito e a pele estava tomada de espinhas. 
     Um dia, Fernando apareceu no meio da minha aula, na porta da sala. Como foi bom revê-lo:
     _ Fernando, que bom que você está aqui, que saudade!!!
     _ A Jojô está aí?
     _ Sim. Mas dormiu naquela carteira. Vai lá ver se ela acorda!
     Ele foi. Deu um toque na mesa e ela fez que não gostou. Ele bateu de novo e ela reclamou sem olhar quem é que estava batendo. Devia estar sonhando um sonho bom. Ele insistiu mais uma duas vezes  e disse:
     _ Sou eu, o Fernando!!
     Ela levantou a cabeça, esfregou os olhos e não o enxergou. Pegou os óculos e quando o viu, chorou. E eu também chorei. Eles se abraçaram com tanta pureza e alegria que tive que esconder meus olhos dos outros alunos. Mas a turma aplaudia aquele gesto tão espontâneo, a saudade, enfim, assassinada:
     _ Como você está bonita! Como você cresceu! Que roupa bonita! E o seu cabelo então... que bota linda que você está usando!
     Jojô não disse nada. Pegou a mão de Nando e os dois saíram para o recreio, abraçadinhos, como nos velhos tempos.

5 comentários:

  1. Namoros em tempos de escola... Quanta ternura, inocência; amor sem medo, sem limite. Viajei no tempo ao ler o teu conto. Obrigado.

    ResponderExcluir
  2. Que testemunho lindo. Fiquei emocionada.

    ResponderExcluir
  3. Que mérito escrever uma história dessa!!! Já gostei de vc e vou seguir! Um ótimo fim de semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Marisete! Bom fim de semana pra vocë tb!!! Bjoo!

      Excluir